Pai denuncia agressão de filha em Cmei de Toledo

Toledo News | 14/05/2019 17:00

Um pai denunciou por meio de redes sociais, a suposta agressão que a filha de um ano e oito meses sofreu de uma professora do Cmei (Centro Municipal de Educação Infantil) localizado no Bairro Santa Maria, em Toledo, na última quinta-feira (9).

Em relato, o homem flagrou o momento em que as crianças do berçário dormiam, e sua filha estava deitada no chão. A criança, quando viu o pai, tentou levantar, mas a professora forçou a menina contra o colchão. Quando a menina tentou novamente ir até o pai, a mulher teria forçado a criança novamente, até perceber a presença do pai na porta.

No mesmo dia, o homem relatou o ocorrido para a diretora, e cancelou a matrícula da filha no centro de educação. Ele também teria registrado a agressão com o diretor dos Cmeis, e o Conselho Tutelar. 

Ainda no relato, o homem afirma que há tempos o comportamento da filha era choroso e agressivo, o que teria relação com as agressões que estaria sofrendo da professora. 

De acordo com o município, os envolvidos na denúncias foram ouvidos, e o caso é investigado.

Confira a nota do município: 
"A Secretaria Municipal da Educação vem a público manifestar-se acerca de denúncia, veiculada nas redes sociais, acerca de uma possível “conduta agressiva” supostamente cometida por Professora em um Centro Municipal de Educação Infantil. 

Primeiramente cumpre afirmar que a Secretaria Municipal da Educação, confia plenamente no trabalho desenvolvido por todos os servidores que compõem os quadros da Secretaria da Educação, o qual é formado por profissionais plenamente capacitados, todos com formação em nível superior, que ingressaram em sua carreira através de Concurso Público, submetidos portanto, à avaliações intelectuais, físicas e psicológicas, que os habilitam a estarem em efetivo exercício nas unidades educacionais.        

Diante da denúncia amplamente veiculada, embora não mencionando que a Secretaria da Educação já estivesse tratando do fato denunciado, a Secretaria Municipal da Educação, de maneira responsável, ética, imparcial e com profissionalismo, optou por ouvir primeiramente os atores envolvidos na denúncia, para somente depois, e de maneira oficial, vir a público nos meios de comunicação oficial do município, manifestar-se para dizer que todas as medidas administrativas e legais cabíveis, estão sendo tomadas para averiguar a veracidade da denúncia, de modo a não produzir julgamentos parciais que possam responsabilizar indevidamente as pessoas citadas.        

A Secretaria Municipal da Educação reitera sua total convicção na qualidade dos serviços prestados diariamente por seus servidores em todas as suas Instituições Educacionais, e reforça seu compromisso em garantir que os atendimentos prestados sejam realizados de forma profissional e responsável, primando pelo respeito a todas as crianças e seus familiares, o que somente se torna possível, graças a qualificação das pessoas que compõem os quadros de cada Instituição Escolar. 

Edna Heloisa Schaeffer Amaral

Secretária Municipal da Educação

Portaria N°. 3/2018".

Quer receber as notícias do Ponto da Notícia no seu WhatsApp? Clique aqui e participe do grupo de notícias

ENQUETE

Qual sua expectativa com o governo do presidente Jair Bolsonaro?

Desenvolvido por DocStart