Bactéria ameça produção de milho safrinha no oeste do Paraná

Catve | 12/07/2018 17:45

Além do risco de geada, o produtor de milho safrinha conta com mais uma preocupação. As lavouras do oeste do Paraná estão sob a ameaça de um novo inimigo, uma bactéria que causa estrias nas folhas. A doença pode resultar sérios prejuízos. 

As estrias bacteriana foi identificada pela primeira vez, na década de 40, na África do Sul. Em 2016 nos Estados Unidos. No ano passado na Argentina e agora a bactéria está presente no oeste do Paraná. 

Na lavoura de milho de Valdecir há suspeita de contaminação. Amostras foram colhidas e o resultado é aguardado com expectativa. Um dos fatores de sorte é que os sinais começaram a aparecer no final do ciclo. 

ENQUETE

Sem enquetes no momento

Desenvolvido por DocStart