Polícia flagra quadrilha que retirava palmito no Parque Nacional do Iguaçu

Catve | 13/06/2018 20:48

Logo policiais verificaram uma quadrilha que extraia Palmito Jussara - árvore ameaçada de extinção, que demora 15 anos para crescer - da unidade de conservação. 

No momento da abordagem, alguns suspeitos empreenderam fuga e dois detidos por infringirem o artigo 38 e 40 da Lei Federal de Crimes Ambientais 9.605/98 (causar dano a unidade de conservação).

Os dois detidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Federal de Foz do Iguaçu à fim de que os procedimentos cabíveis sejam adotados.

A dupla já é conhecida do serviço reservado da Polícia Ambiental por já ter passagem. A polícia acredita que o palmito extraído do Parque Nacional do Iguaçu tinha o destino de ser industrializado e vendido sem nenhuma higiene a algumas lanchonetes.

Confira mais imagens

ENQUETE

Como será o desempenho do Brasil na Copa do Mundo?

Desenvolvido por DocStart