Cidade da região registra primeira morte por dengue no Paraná

Catve | 17/04/2018 09:48

Foi confirmada a primeira morte por dengue no Estado do Paraná. A vítima, é uma senhora de 83 anos, moradora de Foz do Iguaçu, morreu no dia 27 de março. 

A idosa já estava internada no hospital, mas o quadro dela piorou. Ela foi encaminhada à UTI (Unidade de Terapia Intensiva), mas não resistiu. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a paciente também tinha diabetes e era hipertensa.

Com essa morte, fica ainda maior a preocupação da Secretaria Municipal de Foz em vacinar o público alvo, jovens de 15 a 27 anos. 

Desde quando começou a última fase da campanha de vacinação, no dia 20 de março e segue até o dia 28 de abril, até agora pouco mais de três mil pessoas foram imunizadas. E olha que para chegar até o público alvo, a Secretaria tem criado diversas ações como disponibilizar as doses nos comércios, shoppings e abrir em horário especial as UBS (Unidades Básicas de Saúde). Mas, parece que não está adiantando. 

Só para se ter uma ideia, neste fim de semana foi realizado Dia D de vacinação. As 28 unidades básicas de saúde ficaram abertas até as cinco horas da tarde e, acredite, pouco mais de 100 pessoas foram se vacinar. 

Esse vídeo gravado pelo celular mostra como foi a movimentação durante a manhã de sábado (14) na Unidade do Jardim São Paulo, onde apenas três pessoas foram imunizadas. De agosto do ano passado até agora, a divisão de vigilância epidemiológica já confirmou 68 casos de dengue na fronteira. Só de janeiro até 13 de abril foram confirmados 26 casos de dengue no município.

Os casos notificados da doença, que chegam a 1.570, recebem atenção especial da secretaria de saúde, que através do CCZ(Centro de Controle de Zoonoses) realiza ações de bloqueio do mosquito aedes aegypti. 

ENQUETE

Como será o desempenho do Brasil na Copa do Mundo?

Desenvolvido por DocStart