Rondonense baleada por sargento da reserva apresenta grande melhora e não precisa mais ser transferida

Aqui Agora | 15/04/2018 12:06

A rondonense Cristina Teresinha Scherne, 36 anos de idade, vítima de disparo de arma de fogo nesta semana pelo seu ex-companheiro não precisa mais ser transferida para outro centro médico, pois apresentou melhoras em seu quadro clinico. Nas últimas horas, ela apresentou significativas melhoras e desde então ela foi extubada, ou seja, foi retirada a entubação e a ventilação mecânica também. Agora ela está com respiração espontânea.

Cristina Terezinha permanece na unidade semi-intensiva do Hospital Rondon, mas não tem mais a necessidade de ser transferida. Ela está consciente e já teria conversado com a equipe de enfermagem.

Não há previsão de alta até o momento para Cristina, que recupera-se de maneira satisfatória.

No último dia 10 Cristina foi atingida por cinco tiros disparados pelo seu ex-companheiro, o Sargento da Reserva da Polícia Militar Gelmir Paula dos Santos que se suicidou em seguida.

ENQUETE

Sem enquetes no momento

Desenvolvido por DocStart