Governo autoriza contração temporária de professores para Unioeste

Catve | 20/03/2018 11:02
Todo inicio de ano é a mesma preocupação, será que a Universidade Estadual do Oeste, a Unioeste, vai ter professores suficientes para cumprir o calendário de todas as turmas?

O sindicato dos docentes da Unioeste acredita que não, porque o governo não realiza concurso publico e autorizou poucas horas para contratação temporária, no caso da Universidade do oeste, apenas 4.900 horas.

O presidente do sindicato, afirma que várias turmas de graduação ficarão sem aulas. Em abril, por exemplo, termina o contrato dos professores do ano passado e a demanda este ano será maior.

O professor e sindicalista também questiona o valor da verba de custeio para este ano, pouco mais de R$ 9, 7 milhões 52% a menos do que foi investido em 2014, cerca de R$ 20,5 milhões.

Em nota, a comunicação da Unioeste, confirma o novo decreto do governo, autorizando a contratação temporária de professores para 7.600 horas e afirma que não haverá prejuízo para nenhum 
ENQUETE

Como será o desempenho do Brasil na Copa do Mundo?

Desenvolvido por DocStart