Colheita de soja da safra 2017/2018 chega a 10% no Brasil

14/02/2018 05:09

O Paraná continua chamando a atenção pelo atraso, já que até quinta-feira apenas 1% da área estava colhida
Farming Brasil.

 A colheita de soja da safra 2017/2018 chegou na quinta-feira (08/02) a 10% da área cultivada no Brasil. O número representa avanço de quatro pontos percentuais em uma semana e é inferior aos 19% de um ano atrás e aos 12% da média de cinco anos.   Quando o assunto é atraso, quem continua chamando a atenção é o Paraná, onde apenas 1% da área estava colhida até quinta-feira, ante 13% no ano passado e 16% na média de cinco anos.

Mesmo com tempo aberto ao longo da semana, os trabalhos avançaram lentamente porque ainda há poucas áreas prontas, devido ao atraso no plantio e ao alongamento do ciclo das lavouras da região oeste.   Colheita de soja Mas a expectativa é de que a colheita de soja avance rapidamente no oeste paranaense a partir da semana que vem.

Como a germinação da soja foi concentrada, muitas áreas chegarão juntas ao ponto de colheita. O problema é que, segundo as previsões, as chuvas devem voltar ao Paraná, podendo dificultar o avanço das máquinas.   Perdas pontuais por chuva em Mato Grosso Em Mato Grosso, que segue na dianteira entre os estados, com 30% de sua área já colhida, as chuvas desta semana causaram certa lentidão nos trabalhos, mas as máquinas continuaram em campo nos intervalos com sol.

No norte, de acordo com a AgRural, o grão tem saído das lavouras com alta umidade e já há registros de soja avariada pelo excesso de chuva. Esses registros, porém, ainda são pontuais e não afetam a produtividade da região.   Goiás e Mato Grosso do Sul No vizinho Goiás, a colheita de soja ficou um pouco mais lenta no início da semana, devido à chuva, mas depois ganhou ritmo, chegando a 9% na quinta-feira.

Em Mato Grosso do Sul, o tempo aberto favoreceu a colheita, que saltou de 1% para 6% em uma semana. Nos dois estados, contudo, há atraso em relação ao ano passado e à média de cinco anos. Os outros estados com colheita já em andamento são Rondônia (20%), São Paulo (6%), Pará (4%), Minas Gerais (3%), Santa Catarina e Bahia (1% cada).   Matopiba e Rio Grande do Sul Nos estados que plantam mais tarde, as lavouras se desenvolvem bem no Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, favorecidas pelas chuvas recentes.

No Rio Grande do Sul, fevereiro começou mais seco, mas isso ainda não prejudica a safra. As previsões para os próximos dias, entretanto, mostram pouca chuva no estado, informou a AgRural em comunicado.

ENQUETE

Como será o desempenho do Brasil na Copa do Mundo?

Desenvolvido por DocStart