Funcionários de indústria realizam protesto contra atraso de salários em Nova Santa Rosa

Portal Nova Santa Rosa | 09/02/2018 06:53

Funcionários da Industria Bucholz de Nova Santa Rosa realizaram um protesto na praça da Bíblia, centro da cidade, nesta quinta-feira (08), por volta das 18h30, através do Sindicato dos Metalúrgicos de Toledo. Conforme informações dos organizadores do evento, aproximadamente 60 funcionários participaram do manifesto, muitos acompanhados de suas famílias.

 

Segundo o Presidente do Sindicato, Pedro Cícero Cassiano, o atraso dos salários já chega a cerca de 100 dias, sendo que o 13° também não foi pago. 90 trabalhadores formam o quadro de funcionários e, conforme Pedro, o valor direto que deixou de ser injetado no comércio local até o momento é em torno de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais).

 

Muitos funcionários levaram faixas mostrando a sua indignação com a falta de pagamento. Um funcionário da empresa que estava no protesto disse que “na administração passada da empresa, nunca os salários sequer um dia sofreram atraso, sempre foi pago em dia os nossos direitos”, finalizou o nova-santa-rosense.

 

Ontem, quarta-feira (07), um novo acordo foi feito entre as partes, mas o não cumprimento levou os funcionários a realizarem este manifesto no centro da cidade, para levar o problema até a comunidade local e regional. Há mais de 40 dias a empresa está parada, disse Pedro, e amanhã (09) fazem 30 dias que os funcionários estão em greve. Se forem necessárias novas manifestações, serão feitas, complementou o Presidente do Sindicato.

ENQUETE

Como será o desempenho do Brasil na Copa do Mundo?

Desenvolvido por DocStart