Justiça confirma mudanças na Câmara de Vereadores de Pato Bragado

Portal Rondon | 29/03/2017 13:29

A Justiça Eleitoral de Marechal Cândido Rondon realizou na tarde de ontem (28) uma nova contagem de votos dos candidatos a vereadores relativos à eleição de 2016 de Pato Bragado.

Isso ocorreu depois que cinco candidatos tiveram o registro cassado em primeira instância ainda na campanha, mas conseguiram reverter a decisão no Tribunal Regional Eleitoral.

Os então candidatos Mauro Weigmer (PP), Sergio Gossenheimer (PP), Holdi Romer (PMDB), Gilberto Maehler (PMDB) e Marli Wollmann (PMDB), foram denunciados por prestigiarem a inauguração do Colégio Estadual de Pato Bragado em período eleitoral. Eles tiveram seus registros de candidaturas cassados.

Mesmo assim os cinco candidatos puderam continuar na disputa, mas até uma decisão final do TRE os votos foram considerados nulos.

No julgamento, os votos foram validados e, em função disso, foi preciso fazer a recontagem, alterando a composição do Legislativo de Pato Bragado.

Desta forma, o grupo de situação, que até então era considerado minoria no Legislativo, passa a ser maioria com a eleição de Mauro Weigmer, Holdi Romer e Sergio Gossenheimer como vereadores. As novas certidões devem ser expedidas ainda nesta semana.

Sendo assim, a composição da Câmara de Vereadores de Pato Bragado, depois do julgamento do TRE, passa a ser a seguinte:

Vereadores eleitos: Mauro André Weigmer, do PP, com 385 votos; Ademir Marcelo Kochenborger, do  PT, com  357 votos; Jair Saueressig de Sousa, PMDB, com 303 votos; Airton Valdecir Schmitt,  PDT, com 299 votos;  Flavio Prigol, do DEM, com  241 votos; Lucas Blatt, do Solidariedade, com  215 votos; Sergio Gossenheimer, do PP, com  191 votos; Adilson Manhabosco, do PMDB, com  164 votos; e Holdi Romer, do  PMDB, com 139 votos.

A justiça eleitoral deverá marcar para os próximos dias uma nova data para a diplomação dos eleitos em Pato Bragado, já que haverá também mudança na ordem sequencial de suplentes.

Em razão da decisão do Tribunal, deixarão a Câmara: Claudecir Pilatti, Egidio Rodrigues e Ademir Hanauer.

A Justiça Eleitoral deverá confirmar a data para a nova diplomação e a partir de então, com a declaração dos eleitos, ocorrerá em Pato Bragado uma nova sessão de posse e eleição também de uma nova mesa diretiva dos trabalhos.

ENQUETE

Aborto em caso de Microcefalia: Você Faria?

Desenvolvido por DocStart