Vereadores propõem antigo Fórum como nova sede do Legislativo de Marechal Rondon

Portal Rondon | 03/03/2017 12:17

Por meio de requerimento assinado por todos os vereadores, a Câmara de Marechal Cândido Rondon está iniciando tratativa com o prefeito Marcio Rauber para que o prédio do antigo Fórum seja cedido para a instalação da nova sede do Poder Legislativo. Os vereadores avaliam que a estrutura – que foi repassada pelo Poder Judiciário ao município após a inauguração do novo Fórum – atende todas as necessidades ao bom andamento dos trabalhos legislativos e administrativos da Casa de Leis.

O vereador presidente Pedro Rauber lembra que, em 2015, foram iniciadas as tratativas para ampliação do prédio atual da Câmara, o que culminou com a compra pelo município da antiga sede da Associação Comercial e Empresarial de Marechal Cândido Rondon (Acimacar).

“Naquele momento, a aquisição mostrava-se vantajosa, já que a construção de um novo prédio ao Poder Legislativo consumiria um investimento de mais de R$ 5 milhões. Porém, de lá para cá o Tribunal de Justiça agilizou a construção do novo Fórum, mudando o cenário mais uma vez. Como o objetivo desta Casa de Leis sempre é primar pela economia, não há outra razão melhor do que disponibilizar a estrutura do antigo Fórum para o Poder Legislativo, ao invés de promover as adequações para unir o prédio atual ao edifício adquirido da Acimacar, o que consumiria um investimento de mais de R$ 1 milhão”, explica Pedro Rauber.

Além da economia, outro fator que tem pesado a favor da nova proposta dos vereadores é que, além de mais baratas, as reformas necessárias no antigo Fórum poderão ser feitas com prazo mais curto.

Com relação ao prédio antigo da Acimacar e à atual sede do Poder Legislativo, estes ficariam à disposição da Prefeitura, que poderia acomodar outras entidades e departamentos governamentais, especialmente aqueles em que o município paga a locação de imóveis, com custos menores para a execução das devidas adequações.

A estrutura do antigo Fórum tem área construída de 1.207,87 m² sobre um terreno de 2.400 m². O edifício conta com um auditório maior do que o atual plenário da Câmara de Vereadores e tem cerca de 40 salas, o que atende a necessidade do Poder Legislativo para os gabinetes dos vereadores e assessores e demais dependências para os servidores de carreira.

Caso o governo rondonense concorde com a proposta da Câmara de Vereadores, os recursos para a reforma do antigo Fórum poderão ser pagas pela Prefeitura com recursos resultantes da economia do Poder Legislativo, devolvidos de forma antecipada à administração municipal.

ENQUETE

Aborto em caso de Microcefalia: Você Faria?

Desenvolvido por DocStart