MP investiga caso do bebê mercedense que morreu no parto em Toledo e pede providência imediatas na Unidade de Saúde

Rádio Educadora | 30/11/2016 12:13

A 2ª Promotoria de Justiça de Toledo instaurou procedimento investigatório criminal para apurar a morte de um bebê durante o parto, ocorrida no dia 2 de novembro, na Associação Beneficente de Saúde do Oeste do Paraná.

Até o momento não há conclusão sobre a ocorrência de eventual erro médico.

O caso envolve uma família de agricultores residente no município de Mercedes, cuja filha morreu durante o parto em Toledo.

O pai e mãe da criança passaram a cobrar justiça após o episódio e acusaram o hospital de negligência.

Os fatos passaram a ser investigados também pelo setor de epidemiologia da 20ª Regional de Saúde e acompanhados pela Secretaria de Saúde de Mercedes.

Na ocasião, a secretária Arlete Martins manteve contato com a direção do Hospital, que confirmou que a cabeça do bebê teve que ter sido cortada para que o resto do corpo fosse retirado, e para que a mãe também não fosse a óbito.

Ela esclareceu que a mulher saiu de Mercedes em trabalho de parto no dia 30 de outubro, e que os médicos somente revolveram fazer o procedimento três dias depois, diante das reclamações da mãe de muitas dores e de sangramento.

Na ação, o Ministério Público do Paraná também expediu recomendação administrativa à unidade de saúde para que sejam adotadas providências imediatas, com o objetivo de sanar deficiências verificadas durante as investigações preliminares.

Na recomendação, a Promotoria orienta o estabelecimento hospitalar a disponibilizar, imediatamente e 24 horas por dia, médicos plantonistas presenciais, nas especialidades básicas que oferece à população, incluindo ginecologia e obstetrícia e anestesiologia.

O Ministério Público também recomenda que o hospital abstenha-se de contratar profissionais não especialistas, para ocupar posições que exigem especialidade médica, e realize a rescisão de todos os contratos nessa situação, que se encontram vigentes.

ENQUETE

Qual sua expectativa com o governo do presidente Jair Bolsonaro?

Desenvolvido por DocStart